Práticas de Meditação

MEDITAÇÃO NA IMPERMANÊNCIA

Meditação na Impermanência
Tempo sugerido: 20 a 30min.

 Benefícios:

  • Aceitação da realidade como ela é
  • Transforma nossa mente e nossa vida
  • Ajuda a desenvolver paciência
  • Diminui a ansiedade

 Prática:

1- Sente-se em uma almofada ou em algum lugar onde suas costas permaneçam eretas. Pernas, ombros e braços  relaxados. Mãos repousando sobre as pernas de forma relaxada. Olhar tranquilo a alguns metros à frente.

2- Observe sua respiração com atenção, no ar que entra e sai dos seus pulmões. Relaxe-se completamente durante alguns minutos e conscientize-se das partes do seu corpo, pernas, braços, olhos, cabelo, sangue, ossos, músculos.

3- Examine essas partes, sua textura, densidade, tamanho. Sensibilize-se ao funcionamento do seu corpo. Observe os movimentos que estiverem ocorrendo, as batidas do seu coração, o fluir do sangue nas veias, a energia dos impulsos nervosos.

4- Conscientize-se de uma forma mais profunda e sutil, que seu corpo todo é feito de estruturas celulares vivas que se movem, modificam, reproduzem, morrem e se desintegram.

5- Volte sua atenção para a mente, ela também possui diversas partes, sentimentos, percepções, pensamentos que são incessantes. Perceba esse fluxo mental que está o tempo todo em constante mudança.

6- Observe agora seu mundo externo, o lugar onde você está, as ruas, os animais, a natureza. Vá tão longe quanto desejar. E lembre-se que cada objeto que você toca com seu pensamento está nesse exato momento em constante mudança. Nada permanece o mesmo de um instante para o outro. Concentre-se nessa experiência.

7- Para concluir essa prática pense no engano que é acreditar que as coisas são as mesmas e parecem permanentes. Tanto as coisas boas como as ruins. Dessa forma, aceitamos a transitoriedade da vida e não temos mais necessidade de ficarmos irritados ou reagimos com raiva. Dedique essa experiência para que todos possam se sentir em paz consigo mesma.

Bibliografia:
McDonald, Kathleen – Como Meditar.
Hanson, Rick – Cérebro de Buda.
Hanh, Tich Nhat – Nada a fazer não ir a lugar algum.

Aloice

Aloice

Ouvir pessoas, desenhar, escrever, transformar ideias e conceitos em
arte, formas, produtos e comunicação é sua atuação nos últimos 15 anos. Sua motivação com o VamosMeditar é criar espaço interno e externo para a troca consciente de experiências para quem busca autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.

1 Comment

  1. Aparecida Pacetta
    31 January, 2015 at 0:46 — Reply

    Excelente!Parabéns!

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *