MeditaçãoPráticas de MeditaçãoVida e Bem Estar

MEDITAÇÃO DA MONTANHA

A montanha é um grande símbolo da natureza. Para alguns pode significar dificuldades, para outros, desafio a ser vencido. Para alguns aventura, para outros, isolamento, proteção. Seja como for, a montanha tem muito a nos ensinar sobre como permanecermos resilientes e serenos, apenas como observadores do tempo, dos seus movimentos, seguindo o fluxo da impermanência e aprendendo sobre interdependência de todos os fenômenos. 

(Esta meditação tem os tempos de pausa recomendados para a execução da prática.)

Postura
Esta meditação pode ser feita sentada ou deitada. Sentada em almofada de pernas cruzadas ou em cadeira, com os pés bem apoiados no chão. Mãos repousadas sobre as pernas. Lembre-se de estar numa posição estável e relaxada. Apenas atenção com a coluna ereta. Mantenha os olhos semi-cerrados ou fechados.

Estabilização da mente
Comece colocando atenção na sua respiração. (10s) Faça 3 respirações profundas, inspirando pelo nariz e expirando pela boca. (30s) Retome a sua respiração regular pelo nariz.(15s) Coloque atenção no movimento das narinas, na temperatura do ar que entra e que sai. (15s) Sinta este passando por um ponto entre as sobrancelhas. (30s) Pode ainda colocar a mão na barriga e acompanhar o movimento do ar que entra e sai através desta região. Lembre-se de não resistir a pensamentos, reações físicas ou emoções. Apenas observe, sem julgar e retome a atenção para a respiração. Mantenha esta prática até soar o sino. (+4 min, sino)

Prática

  1. Visualize-se como uma montanha. Traga a sua mente todas as características de uma montanha. A sua imponência, resiliência, força e estabilidade. (10s) Sinta a estabilidade da montanha. Inspire e expire. (10s) Inspire e expire. (10s) Inspire e expire. (10s)
  2. Enquanto permanece conectado com a sua respiração, sinta as estações do ano passando pela montanha. O sol ardente do verão, toda a alegria da natureza (10s) , as folhas das árvores caindo no outono, a preparação para tempos de recolhimento .(10s),  o vento frio castigando as suas encostas, a vida se protegendo no seio da  terra . (10s), as flores e os animais voltando na primavera  e anunciando o início de um novo ciclo. (10s).
  3. Observe que mesmo com tantas mudanças e movimentos, vida e morte, morte e vida, a montanha não interfere nos acontecimentos. (10s) A montanha recebe, abraça e deixa que a vida aconteça em si, se confundindo com a própria vida. (10s) Inspire e expire. (10s) Inspire e expire. (10s) Inspire e expire. (10s)
  4. A montanha se mantém soberana , protegendo os vales, produzindo nascentes de água. Sentimos a sua força e resiliência que sobrevive ao tempo e suas intempéries. Inspire e expire. (10s) Inspire e expire. (10s) Inspire e expire. (10s)
  5. Podemos ser como a montanha, mergulhados na estabilidade do nosso centro, no equilíbrio da sabedoria da natureza que sobrevive a tudo. Confiante na sua força intrínseca, está sempre em paz. A cada estação, a montanha vence a si mesma. Inspire e expire. (10s) Inspire e expire. (10s) Inspire e expire. (10s)
  6. Absorvemos, assim, as qualidades da montanha. Inspire e expire. (10s) Inspire e expire. (10s) Inspire e expire. (10s)
  7. Como a montanha, permaneça imóvel e em silêncio até soar o sino. (3 min, sino)

Finalize com as mãos unidas em prece no centro do peito e dedique a energia positiva gerada pela prática a todos os seres que precisam de paz, estabilidade e força.

Ana Cristina Koda

Ana Cristina Koda

Após mais de 20 anos no caminho do autoconhecimento e da espiritualidade, resolveu compartilhar suas visões e experiências pessoais, frutos das práticas de meditação, através de seus artigos. Seus muitos anos como profissional das áreas de marketing e comunicação são a base desta sua vontade de se comunicar, agora, com um propósito maior.
Vamos Meditar concretiza este sonho, que está se realizando e que dedica a todos os seres. Também dá aulas particulares de meditação e atende com terapias integrativas para quem quer seguir o caminho do autoconhecimento e da espiritualidade.
Contato pelo email: anackoda@gmail.com

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *